Papel de Parede: Como escolher o seu

Como escolher o seu

Escolher o papel de parede, muitas vezes, é uma missão complicadíssima, a imensa variedade de estampas, estilos, texturas e cores dá um nó na cabeça de quem se aventura a escolher entre tantos books e coleções, e a partir de então, decidir o papel que irá revestir a parede atrás da cabeceira, ou dará bossa ao lavabo, se torna uma missão impossível.

Por isso, nós da 3 Irmãs, resolvemos, por meio deste post, compartilhar com vocês alguns conhecimentos que temos sobre o assunto, e assim, ajudar a tornar esta tarefa mais simples e divertida.

 

1. Pesquise referências

Antes de se jogar em uma loja com milhões de books, pesquise na web imagens de ambientes decorados com diferentes estilos de papel de parede, isso vai ajudar você a escolher mais facilmente um modelo que lhe agrade.

Através destas buscas você poderá descobrir que adora o estilo geométrico, que o arabesco, ao contrário do que você pensava, não é coisa da vovó, que preto em todas as paredes pode ficar muito carregado (ou não!), e, assim, dar um direcionamento para a consultora que irá te atender na loja.

 

2. Evite compras pela Internet

Embora sejam comuns os sites de vendas de papéis de parede online, nós não os recomendamos, primeiro porque existe uma variação de cor de acordo com cada monitor, ou seja, aquele tom de azul que você enxerga na tela do seu computador em sua casa pode não ser o mesmo do que está impresso no produto final.

Além disso, através do smartphone ou notebook é impossível perceber as texturas que compõem essas peças de decoração. Alguns deles possuem várias camadas que garantem um efeito tridimensional, outros carregam um brilho que só é possível ser percebido quando vistos pessoalmente.

Estes acabamentos impactam diretamente no efeito do papel instalado e consequentemente no valor do rolo.

 

3. Estampas da Moda

Cuidado com o está em alta, as vezes nos encantamos com uma estampa especifica momentaneamente e depois nos arrependemos. É importante lembrar que um papel de parede bem aplicado deve durar, no mínimo, 5 anos, então escolher um que você realmente goste é crucial.

Não se deixe levar pela emoção e pelo que está na moda, pense futuramente. Você pode optar por usar esses ornamentos em artigos de decoração que são trocados com mais frequência, como por exemplo em almofadas, e no papel de parede selecionar uma estampa mais certeira e que você não se arrependa a longo prazo.

 

4. Mas também não precisa ser tudo bege

É bom ousar um pouco, e a nossa sugestão é que, para um ambiente de grande utilização, como a sala ou quarto, você eleja uma parede pequena e pouco “vista”, como as que ficam atrás do sofá ou da cama, assim o papel de parede irá se incorporar ao ambiente sem dar a sensação de poluição visual.

Já nos ambientes onde normalmente se permanece por pouco tempo, como lavabo, corredores ou hall, uma ideia legal é optar por mostrar sua faceta arrojada e extravasar. Nestes ambientes abuse das estampas mais marcantes, cores fortes e design contemporâneo.

Deixe uma resposta